Fisioterapia Geriátrica

 
 
 

Fisioterapia em Geriatria

 
Os idosos e seniores com ou sem incapacidade necessitam de apoio no tratamento e recuperação dos seus movimentos, posturas e capacidade cognitiva para o desempenho das atividades do dia-a-dia. O envelhecimento é algo que os preocupa, bem como aos seus familiares. A Fisioterapia Geriátrica ajuda na reabilitação da perda de equilíbrio, força muscular, perda de funções motoras, e atua também junto de pessoas acamadas.

A Ortogil Fisioterapia utiliza métodos e técnicas, como treino de força e equilíbrio, com o objetivo de ir ao encontro das necessidades de cada paciente.

Nestas idades, é muito importante que as pessoas se mantenham ativas, e com o acompanhamento do fisioterapeuta, a redução da dor e a melhoria das funcionalidades são possíveis de serem alcançadas com eficiência.
 
 
A Fisioterapia em Geriatria atua em disfunções, como:

  • Artroses e outras patologias articulares
  • Osteoporose
  • Alterações degenerativas
  • Rigidez muscular
  • Resultado de quedas (fraturas, imobilização)
  • Pós-operatórios (próteses de anca, joelho)
  • Síndromes de imobilidade
  • Etc.
 
 
 
Fisioterapia para Idosos
 
 
 
 
 
 

Fisioterapia Pediátrica

 
Esta área atua na prevenção, recuperação e reabilitação de patologias e incapacidade em bebés, crianças e adolescentes com problemas motores que afetam o seu crescimento e desenvolvimento, bem como outras áreas de intervenção (ortopedia e funções respiratória e neurológica). Na Fisioterapia Pediátrica tratam-se também doenças congénitas - que já nascem com o bebé ou adquiridas após o nascimento.

Na fisioterapia em pediatria os tratamentos são feitos de jogos e brincadeiras, deste modo adequados e mais eficientes à recuperação e desenvolvimento infantil. O objetivo é ajudar a criança a ter uma vida saudável e independente, tornando esse processo simples, lúdico e feito de momentos agradáveis. O envolvimento dos pais, familiares e cuidadores da criança é fundamental na reabilitação do pequeno paciente, pois no seu dia-a-dia irá ser necessário o apoio dos mesmos na prática das suas atividades.

O fisioterapeuta pediátrico deve avaliar individualmente cada criança e patologia, para elaborar um tratamento adequado, por forma a obter resultados eficazes, já que são específicas as condições de saúde de recém-nascidos, bebés, crianças e jovens, bem como as práticas a aplicar nas diferentes áreas do desenvolvimento, prevenção e diagnóstico.

Alguns dos problemas que necessitam da intervenção do fisioterapeuta são:

  • Paralisia cerebral
  • Atrofia muscular
  • Patologias respiratórias (bronquite, asma etc.)
  • Doenças osteo-articulares e neuromusculares
  • Doenças congénitas (torcicolo congénito, luxação congénita da anca, malformações congénitas do pé)
  • Atrasos no desenvolvimento
  • Recuperação de lesões traumáticas
  • Espinha bífida
  • Etc.
 
 
Fisioterapia com Crianças
 
 
 
Fisioterapia para Crianças